segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

ROBERTO CARLOS É FESTEJADO NO PARQUE SÃO JORGE


Diante de mais de 6 mil torcedores no Parque São Jorge, o lateral Roberto Carlos, 36 anos, foi apresentado oficialmente no Corinthians, prometendo encerrar a carreira no clube e o mais importante para os corintianos: conquistar a Copa Libertadores da América, título que nem ele próprio e o Corinthians possuem. "Tenho 36 anos, mas motivação de 22", disse o jogador bastante animado com a festa da torcida. Além de Roberto Carlos, o Corinthians também contratou mais quatro reforços para a temporada: o volante Ralf (ex-Barueri), o atacante Iarlei (ex-Goiás) e os meias Tcheco (ex-Grêmio) e Danilo (ex-Kashima Antlers, do Japão).

domingo, 3 de janeiro de 2010

BARCELONA E LIONEL MESSI: OS MELHORES DO PLANETA

O Barcelona ganhou tudo o que disputou no ano de 2009. Sua última conquista foi o Mundial de Clubes da Fifa, disputado nos Emirados Árabes, contra o Estudiantes(ARG) em 19 de dezembro. o time espanhol sofreu um gol dos argentinos campeões sulamericanos aos 5 minutos do 1º tempo e só conseguiu o gol de empate através de Pedro aos 44 minutos do 2º tempo. Com isso, a decisão foi para a prorrogação e Lionel Messi fez a diferença ao marcar o gol decisivo (de peito) que deu o 1º título mundial ao Barcelona. Por esse belo gol e tantos outros que fez na temporada e por suas ótimas atuações especialmente na conquista da Copa dos Campeões da Europa, o argentino Lionel Messi também foi escolhido pela Fifa como o melhor jogador do mundo em 2009, deixando Kaká e Cristiano Ronaldo para trás. Merecidamente
FLAMENGO SE CONSOLIDA COMO O CLUBE MAIS POPULAR DO BRASIL


Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, o Flamengo possui 19% da preferência dos torcedores em todo o Brasil. Em 2º lugar aparece o Corinthians com 13% e depois o São Paulo com 8%. A diferença entre os clubes da Gávea e do Parque São Jorge aumentou 2% comparando-se com a pesquisa anterior. O Flamengo é o clube brasileiro que mais possui torcedores fora de seu estado, com 25% da preferência na região Nordeste do país. Nas regiões Norte e Centro-Oeste, o time carioca têm 30% dos torcedores. O Flamengo também é o clube com a maior média de público: 40.036 espectadores por partida no último Campeonato Brasileiro. 

sábado, 2 de janeiro de 2010


MANO MENEZES É O 6º MELHOR
DAS AMÉRICAS

O jornal uruguaio "El País" divulgou a sua lista anual dos melhores treinadores do continente e o técnico do Corinthians, Mano Menezes, foi indicado como o 6º melhor, em votação que reúne mais de 400 jornalistas de toda a América do Sul. Com 10 votos, Mano foi o 2º brasileiro mais bem colocado na lista, ficando abaixo apenas do técnico Dunga. Em 1º lugar ficou o argentino Marcelo Bielsa, técnico da seleção chilena, e em 2º ficou Jorge Fossati, ex-técnico da LDU (EQU) e atual treinador contratado pelo Internacional (RS). Apenas 3 brasileiros ganharam o 1º lugar desde 1986: Sebastião Lazaroni, Telê Santana e Luiz Felipe Scolari.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

HOMENAGEM AO FLAMENGO, CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2009


video
RETROSPECTIVA 2009

FLUMINENSE... meteórica ascensão no Brasileirão.

Nada pode definir a meteórica ascensão do Fluminense no Brasileirão 2009. A equipe começou o 2º turno com 96% de chances de rebaixamento, mas após a chegada do técnico Cuca e do atacante Fred, conseguiu uma sucessão memorável de vitórias dentro e fora de casa que ao término da última rodada garantiu a permanência do time na série A do torneio em 2010. Jamais se viu tamanha recuperação de uma equipe na história do Brasileirão, onde grande parte da torcida chegou a comemorar mais do que um título. A alegria só não foi maior porque o Fluminense perdeu a final da Copa Sulamericana para a LDU (EQU), ou melhor, mais uma vez para os equatorianos da LDU, o que já havia acontecido em 2008 na final da Copa Libertadores no mesmo Maracanã lotado. Mas mesmo assim, 2009 será um ano inesquecível para os tricolores cariocas.
RETROSPECTIVA 2009

CRUZEIRO... bateu na trave na hora mais importante

O ano de 2009 poderia terminar com muito mais alegria para os cruzeirenses. Depois de uma recuperação invejável no 2º turno, o time saiu de bem perto da zonha de rebaixamento para acabar o Brasileirão no G4, ocupando o posto do Palmeiras na última rodada ao vencer o Santos na Vila Belmiro, ficando com o prêmio de consolação: uma das vagas na Copa Libertadores de 2010. A mesma Libertadores que fez chorar seus torcedores no ano de 2009. Depois de uma campanha vitoriosa no torneio sulamericano, o time mineiro chegou às finais diante de um adversário teoricamente inferior e bem mais modesto, o Estudiantes, da Argentina. Após empatar fora de casa no 1º jogo das finais, o Mineirão estava completamente vestido de azul e branco para a partida decisiva que daria o 3º título continental ao Cruzeiro. Mas a mística dos argentinos na Libertadores se fez valer novamente e o time sucumbiu diante de seus torcedores, mesmo depois de abrir o placar no começo do 2º tempo. Bastava uma simples vitória para os mineiros, mas os argentinos conseguiram a virada por 2x1 com bastante garra e sagraram-se campeões da Libertadores de 2009, o que permitiu ainda uma "comemoração" inusitada no desembarque dos jogadores na Argentina: um desfile em carro-aberto dos jogadores pelas ruas de Buenos Aires com a bandeira do Atlético-MG. Os pães de queijo murcharam em 2009.
RETROSPECTIVA 2009

SÃO PAULO... um ano de reflexão

O São Paulo não foi o mesmo de anos anteriores, sempre mostrando força decisiva nos torneios mais expressivos da temporada: a Copa Libertadores e o Brasileirão. Perdeu as semifinais do Paulistão para o rival Corinthians. Perdeu as quartas-de-final da Libertadores para o Cruzeiro em pleno Morumbi, que culminou com a saída do técnico Muricy Ramalho após 3 títulos nacionais conquistados em 2006,2007 e 2008. E depois perdeu o Brasileirão mais para si próprio, desperdiçando pontos importantes na fase final do torneio em partidas decisivas, como nos jogos contra Atlético-MG, Flamengo e Goiás. O quê faltou ao São Paulo em 2009? A unidade e a disposição do elenco nos 3 últimos anos anteriores.
RETROSPECTIVA 2009

SANTOS... o fim da Era Marcelo Teixeira.

Assim como em 2008, o ano de 2009 foi decepcionante para os santistas. O time mostrou alguma força no começo da temporada, depois de bastante sufoco conseguir terminar a 1ª etapa do Paulistão no G4 e vencer o favorito Palmeiras nos 2 jogos das semifinais. Mas o time não resistiu ao talento de Ronaldo na final do torneio e perdeu o título estadual para o rival Corinthians. Na Copa do Brasil, a maior frustração dos torcedores: foi desclassificado em plena Vila Belmiro para o modesto time do CSA-Alagoas, ainda na fase de oitavas-de-final. No Brasileirão, foi uma sucessão de altos e baixos que manteve o time na parte intermediária da tabela durante todo o decorrer do torneio. E ainda uma humilhante goleada sofrida para o Vitória(BA), no Barradão, por 6x2, que causou a demissão do duvidoso técnico Vágner Mancini e a volta de Wanderley Luxemburgo. O Santos terminou o Brasileirão 2009 mais perto da zona de rebaixamento do que do G4 que dá acesso à Libertadores. Por causa disso tudo, 2009 também também ficou marcado na Vila Belmiro como o fim da era Marcelo Teixeira que, depois de 8 anos seguidos, deixou a presidência do clube ao perder as eleições (tumultuadas) para Luiz Álvaro Oliveira Ribeiro, que logo ao assumir contratou Dorival Júnior para o lugar de Wanderley Luxemburgo como treinador e prometeu mudanças consideráveis na administração.
RETROSPECTIVA 2009

CORINTHIANS... fez o suficiente em 2009

Depois de disputar a série B do Brasileiro em 2008, o time do Corinthians fez o que tinha que fazer em 2009. Entrou forte no começo da temporada e ganhou 2 títulos, o Paulistão e a Copa do Brasil, que lhe deu aquilo que a torcida mais esperava: a vaga na Libertadores e a esperança de conquistar o título mais cobiçado, que o clube ainda não possui. E oque é melhor, no ano de seu centenário. Mas essa será a tarefa mais dura que o bom técnico Mano Menezes encontrará desde que chegou ao Parque São Jorge, atingir resultados mesmo com toda a pressão que terá dos torcedores e da mídia. O ano de 2009 também foi marcado pela chegada de um fenômeno: Ronaldo, que depois de declarar amor ao Flamengo, fechou contrato com o Corinthians. E fez bonitos e importantes gols na temporada, em jogos decisivos. Ronaldo é a grande esperança dos corintianos na Libertadores de 2010. No mais, o Corinthians vendeu parte de seu elenco que foi vitorioso na primeira metade do ano e com isso fez apenas um "modesto" Brasileirão no 2º semestre, sem maiores pretensões.
RETROSPECTIVA 2009

PALMEIRAS... a decepção do ano.

Até o mais otimista dos palmeirenses quer esquecer o ano de 2009 quando o assunto é futebol. O presidente Belluzzo prometeu uma administração séria e transparente com resultados, montou uma equipe competitiva, contratou 2 treinadores renomados no decorrer do ano (Wanderley Luxemburgo e Muricy Ramalho), mas o Palmeiras naufragou na beira da praia em todos os torneios que disputou na temporada. No Paulistão, terminou a 1ª etapa como líder absoluto, mas perdeu os 2 jogos das semifinais para o instável Santos. Na Copa Libertadores, quase foi desclassificado na fase de grupos, salvo por um gol milagroso de Cleiton Xavier aos 45 minutos do 2º tempo no último jogo fora de casa. Depois, caiu no torneio sulamericano diante do modesto time do Nacional(URU). No Brasileirão, o maior fiasco: das 39 rodadas, o time chegou a estar no G4 em 32 rodadas e, dessas 32 rodadas, foi líder em 19 rodadas, chegando a abrir vantagem de 6 pontos sobre o 2º colocado por algumas vezes. Na fase final, o time se descontrolou completamente, empatou e perdeu jogos decisivos dentro do Parque Antartica, mostrou visível desequilíbrio emocional do elenco e terminou o Brasileirão em 5º lugar, sem sequer conseguir uma vaga na Copa Libertadores de 2010. Uma constatação: Não acho que Obina seja melhor que Eto'o, mas tenho certeza que é bem melhor que Vágner Love. O Palmeiras foi a maior frustração do futebol brasileiro em 2009.
RETROSPECTIVA 2009

FLAMENGO...O merecido Campeão Brasileiro!

Foi a maior surpresa do ano que se passou. Nem o mais otimista dos flamenguistas acreditava que o time chegaria a conquistar o título nacional, no máximo uma vaga para a Copa Libertadores já estaria de bom tamanho. No entanto, o time cresceu de produção após a saída conturbada do técnico Cuca e a efetivação do interino Andrade. A equipe mostrou bastante disposição no 2º turno do Brasileirão, sempre apoiada por uma multidão de rubro-negros que lotavam o Maracanã a cada partida. O êxito do Flamengo também deve-se em boa parte à incompetência de outros clubes, como Palmeiras, São Paulo, Internacional e Atlético-MG. Mas a grande verdade é que o time carioca mereceu o título brasileiro depois de 17 anos por ser oque mais aproveitou as chances da tabela na fase final do torneio, mostrou fibra e raça como diz seu próprio hino, juntou a malícia de boleiro do técnico Andrade para administrar o elenco juntamente com a experiência e o talento fundamentais de jogadores que chamaram a responsabilidade na hora certa, como Maldonado, Angelim, Adriano e principalmente Petkovic, que deu a volta por cima num ano que para todos o futebol já o teria abandonado.
FRASES DE 2009

"Agora eu vou passar de vidraça para estilingue".

(Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos, ao comentar sobre sua derrota nas eleições do clube para Luiz Álvaro Oliveira Ribeiro, em dezembro de 2009).
"Se eu tivesse ficado no Palmeiras, o time teria sido campeão com duas ou três rodadas de antecedência"

(Wanderley Luxemburgo, ex-técnico de Palmeiras e Santos no Brasileirão 2009, ao comentar sobre a frustrante derrocada do Palmeiras na fase final do torneio).
"Quando é contratado para jogar no Palmeiras, o cara acha que vai ganhar R$ 40, 50 mil por mês, que a torcida vai só apoiar, vai sair na rua e pegar as menininhas, mas não sabe que o time vai ter cobrança para ganhar? Se tem capacidade para fazer filho, tem capacidade para suportar pressão também. Ganha bem para isso"

(Marcos, goleiro e ídolo do Palmeiras, ao falar sobre o decepcionante empate de seu time contra o rebaixado Sport em pleno Parque Antartica, que praticamente tirou as chances de título do Brasileirão 2009).
"O sonho que eu tinha de jogar no Flamengo já acabou. O amor que sempre tive está completamente de lado agora. Sou corintiano e vou encerrar a minha carreira aqui"

(Ronaldo, atacante do Corinthians, rebatendo as duras críticas e provocações dos flamenguistas sobre sua ida para o clube paulista).
"Maradona é um grande jogador, mas não chutava bem com a direita e não fazia gol de cabeça. O único gol de cabeça importante que marcou foi com a mão"

(Pelé, ao provocar o ídolo argentino sobre o gol de mão marcado na final contra a Inglaterra na Copa do México de 1986).
"É um vigarista, safado, crápula. Se eu encontrá-lo na rua, dou uns tapas no vagabundo"

(Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras, ao comentar a atuação do árbitro Carlos Eugênio Simon na derrota de seu time para o Fluminense por 1x0, no Maracanã, pelo Brasileirão 2009).
"Perdemos para um time muito ruim. É uma equipe que jogaria a segunda divisão do futebol paulista"

(Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras, revoltado com a eliminação de seu time da Copa Libertadores de 2009 para o Nacional, do Uruguai).
"O que eu quero ser o maior jogador de todos os tempos. Sei que preciso lutar muito por isso, mas é o meu objetivo. É claro que, se você se torna o melhor jogador do Real Madrid, você será o melhor na história"

(Cristiano Ronaldo, atacante do Real Madrid, durante sua apresentação ao clube espanhol).
"Esse Rubinho só atrapalha. Não ganha nada e ainda cria problema. Quase matou o Massa. É f..."

(Adilson "Maguila" Rodriguez, ex-boxeador, ao falar sobre o acidente de Felipe Massa no treino do GP da Hungria de 2009, quando uma mola se desprendeu do carro de Rubens Barrichello e atingiu a cabeça de Massa, causando seu afastamento do restante da temporada de Fórmula 1).
"Não tenho história com o Flamengo. Se traí, traí meus sentimentos. Os rubro-negros não precisam ter raiva de mim só porque escolhi um caminho que não obedeceu meu sentimento. A grande pena foi a maneira como a diretoria do Flamengo se posicionou no momento em que me decidi pelo Corinthians".

(Ronaldo, atacante do Corinthians, ao falar sobre as duras críticas que recebeu dos flamenguistas quando acertou sua contratação com o clube do Parque São Jorge, ao mesmo tempo em que declarava "juras de amor" ao time carioca).
"O que vi dentro daquele vestiário nunca tinha visto em nenhum lugar do mundo. Entrar gente armada no vestiário. Que mundo é esse?"

(Renê Simões, ex-técnico da Portuguesa, sobre a entrada de homens armados no vestiário de seu time após a derrota para o Vila Nova(GO) por 2x1, no Canindé, pela série B do Brasileiro 2009).
"Você ganhou o quê? Eu sou campeão do mundo e tricampeão brasileiro!"

(Milton Cruz, técnico interino do São Paulo após a saída de Muricy Ramalho, ao discutir com Mano Menezes, técnico do Corinthians, no jogo entre os 2 times pelo Brasileirão 2009).
"Ele (Marcos) é uma metralhadora para o bem e para o mal. Fala demais. É o jeito dele"

(Wanderley Luxemburgo, ex-técnico do Palmeiras, sobre as declarações polêmicas do goleiro e ídolo Marcos, durante a temporada de 2009).
"O Adriano, se ficar 30 dias sem beber, é um jogador fora de série. Ninguém vai conseguir pará-lo em campo e ele vai fazer gols todo jogo. E para conseguir isso? Aqui, eu rezava"

(Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, sobre a contratação de Adriano pelo Flamengo)