quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

CRUZEIRENSE FAZ PARÓDIA COM ATLÉTICO-MG



Cruzeirense faz video provocando o rival Atlético-MG, em paródia com o comercial de TV da Topper sobre o Rúgbi...

sábado, 25 de dezembro de 2010

O GOL MAIS BONITO DE 2010



Golaço do santista Alex Sandro, na goleada sobre o Cruzeiro por 4 x 1, na Arena Barueri, pelo 2º turno do Brasileirão 2010. Narração de Rogério Assis, rádio Jovem Pam AM.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

HÁ 10 ANOS, ROMÁRIO CALAVA O PALESTRA ITÁLIA



Há 10 anos, o Vasco se consagrava como campeão da Copa Mercosul, que é a atual Copa Sulamericana. Até aí, tudo bem. Mas aquela partida entre Palmeiras e Vasco ficou marcada para mim, e para toda a torcida vascaína, como uma das mais célebres viradas da história do futebol, só perdendo (para mim) para a semifinal do Brasileirão de 1995, Santos 5 x 2 Fluminense. A decisão era na casa do Palmeiras, no estádio Palestra Itália, e o 1º tempo terminou com o placar em 3 x 0 para os paulistas, ou seja, até o mais pessimista dos palmeirenses já estava contando com o título. Porém, no 2º tempo, um jogo mais do que emocionante, desses que aumentam ainda mais a paixão pelo futebol. Aos 14 minutos, Palmeiras 3 x 1. Aos 25 minutos, Palmeiras 3 x 2. Aos 41 minutos, o empate. E, aos 47 minutos, Romário faz 4 x 3 para o Vasco. E comemorou ao seu modo, provocando os torcedores rivais, mostrando o dedo sobre a boca pedindo "silêncio". O Palmeiras tinha Marcos, Galeano, Tuta e Arce. O Vasco tinha Juninho Paulista, Jorginho, Viola, Junior Baiano e...ele, Romário. Um jogo inesquecível.

FRASE

" - Qualquer coisa que acontece de errado para algumas equipes é dito que foi prejudicado por causa de votação de Clube dos 13. É um profundo ridículo justificar a incompetência administrativa em cima disso. Espero que ela se esforce ao máximo para trazer resultados".

(Ricardo Teixeira, presidente da CBF, sobre as críticas e reclamações feitas pela presidente do Flamengo, Patricia Amorim, devido à CBF não reconhecer o clube carioca como campeão brasileiro de 1987, supostamente, segundo ela, pela sua postura em votar de forma contrária às determinações da entidade no Clube dos 13).

BOM NATAL E FELIZ 2011

O blog deseja a todos os seus leitores um bom e abençoado Natal e que 2011 seja melhor que 2010. Que o espírito da luz e da bondade esteja em nossos corações... Enfim, um Ano Novo campeão!

FRASE

" - Hoje é um dia de festa. Estou aqui para agradecer aos nossos craques por tudo que fizeram pelo Santos. Eles levaram a nossa equipe a ser conhecida em todo o mundo. O Santos é o time de futebol mais importante do mundo, e ouso dizer que é o mais importante da história. Naquela época, o time era como uma orquestra sinfônica tocando Beethoven. Hoje, os meus meninos repetem aquela alegria, como os Beatles. O importante é que a música é sempre de qualidade."

(Luis Álvaro Ribeiro, presidente do Santos, comemorando o reconhecimento oficial da CBF dos 8 títulos brasileiros do clube).

OCTOCAMPEÕES BRASILEIROS!

A CBF reconheceu oficialmente os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, disputados como torneios nacionais antes de 1971, e Santos e Palmeiras são agora os maiores campeões brasileiros da história, com 8 títulos cada um. Uma decisão justa, já que naquela época os melhores times do Brasil disputavam esses 2 torneios que tinham sim status de Campeonato Nacional e que davam vagas à Copa Libertadores da América. Os próprios jogadores que atuaram à época por Santos e Palmeiras relembram essas conquistas como campeões brasileiros e o reconhecimento é um prêmio especialmente para o Santos, que foi soberano na década de 60 no futebol brasileiro, ganhando prestígio no mundo inteiro: foram 8 títulos paulistas, 6 nacionais, 2 sulamericanos e 2 mundiais, no período entre 1960 e 1969. Outros clubes, como São Paulo e Corinthians, podem até discordar da decisão da CBF, mas ambos não ganharam nenhum título neste período e, por esse motivo, nunca reinvidicaram algo parecido junto à CBF. O Corinthians, por exemplo, só conquistou um título nacional pela primeira vez em 1990. E tem bastante gente dizendo por aí que agora outros clubes também vão reivindicar a oficialização de títulos do passado, como o Flamengo na Copa União de 1987, o Maringá como campeão brasileiro de 1969, etc. Que todos os clubes procurem seus direitos junto à CBF. Se estiverem corretos, que busquem o reconhecimento como o Santos buscou com fatos e dados. A diretoria santista apresentou um dossiê detalhado sobre o assunto, elaborado pelo historiador Odir Cunha, e juntamente com o apoio de Palmeiras, Fluminense e Cruzeiro, solicitou formalmente à CBF a unificação dos títulos nacionais. E os clubes conseguiram. Santos e Palmeiras são agora, de forma oficial, octocampeões brasileiros de futebol. E com justiça. Que todos os outros clubes sigam este exemplo e briguem pelos seus direitos, pois contra fatos e dados não há argumentos.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

TODOS POR RONALDINHO GAÚCHO

Ronaldinho Gaúcho, em má fase na Europa há muito tempo, está sendo bastante requisitado em terras tupiniquins. Agora, o Flamengo também entra na briga para ter o meia do Milan-ITA na temporada de 2011. Palmeiras, Grêmio, Flamengo... Mas ele ainda tem mercado no futebol europeu e, com certeza, ainda vai continuar por lá por um bom tempo.

MARQUINHOS VOLTA AO "SEU AMOR" AVAÍ

Na penúltima rodada do Brasileirão, o Santos perdeu de virada para o Avaí por 3 x 2, na Ressacada, e o meia santista Marquinhos não jogou aquela partida por, segundo ele, "amor ao Avaí", clube que o revelou. Agora, o Santos anuncia que vai emprestar o jogador ao Avaí na temporada de 2011. E, de bônus, vai junto o lateral Maranhão. Está certo que Marquinhos esteve muito bem na equipe no 1º semestre de 2010, quando o time encantou o país com o futebol exibido nas conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil, e que seu desempenho caiu bastante de produção no 2º semestre, durante o Brasileirão. Marquinhos chegou até mesmo a ser reserva do novato Alan Patrick, que subiu da base para a equipe principal. Mas o meia ainda tinha lenha para queimar na próxima temporada, já que o Santos vai precisar de um bom elenco para disputar Paulistão, Brasileirão e Copa Libertadores. Pelo jeito, a diretoria santista deve anunciar uma contratação expressiva para 2011, pois abrir mão do futebol de Marquinhos, mesmo em má fase, não teve muito sentido. O jogador é, no mínimo, um ótimo reserva e bom nas bolas paradas.

FRASE

" - É o perfil do time do São Paulo. Acho que seria um casamento perfeito".

(Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, sobre um possível interesse do São Paulo pela contratação do meia inglês David Beckham, que joga nos Estados Unidos).

BECKHAM NO MORUMBI?

Depois de não conseguir vaga para a Copa Libertadores de 2011, de ver as negociações se frustrarem para a permanência do atacante Ricardo Oliveira e de passar em branco nas temporadas de 2009 e 2010, o São Paulo fecha o ano com a cereja no bolo: tentou a contratação do meia inglês David Beckham, que joga no Los Angeles Galaxy-EUA. Já imaginou ter no elenco um jogador que teria dito que usa as calcinhas de sua mulher, a ex-spice girl Victoria? Mas segundo o auxiliar-técnico Milton Cruz, que esteve nos Estados Unidos, "é uma negociação muito difícil de acontecer". Bom, seria como jogar álcool na fogueira, não é mesmo?...

CARTILHA DE BOM COMPORTAMENTO

O Palmeiras mais uma vez se superou. Depois de um desentendimento público entre Valdivia e a comissão técnica, agora surge a notícia de que o clube teria elaborado uma "cartilha" para o chileno assinar, que pedia conduta sem excessos durante as festas de fim de ano, sob pena do atleta pagar uma possível multa na sua reapresentação se caso não cumprisse as recomendações. Ora, isso é inaceitável para um clube considerado grande. O jogador de futebol deve ser profissional o suficiente para compreender os seus limites extra-campo, especialmente um atleta como o Valdivia, que é ídolo de parte da torcida e que foi uma contratação expressiva em 2010. O Palmeiras mostra novamente ter uma administração confusa, que toma medidas de time pequeno, que chegam a demonstrar amadorismo. Valdivia também falou à imprensa em tom de desabafo sobre alguns problemas em relação à comissão técnica (leia-se o técnico Luiz Felipe Scolari) que, segundo ele, o teria mandado a campo sem condições de jogo por contusão. E disparou que "o Palmeiras tem que respeitá-lo para tê-lo em 2011". Agora, o clube pedir para o jogador assinar uma cartilha de bons modos durante o recesso de fim de ano já é demais...

domingo, 19 de dezembro de 2010

FRASE

" - Perde quem joga, perde quem joga uma competição tão importante como essa. Desde que estou em Porto Alegre, não vi o Grêmio ganhar um título, então fico contente com o meu time, com o Inter, porque conseguimos ganhar um monte de títulos. Tem outra libertadores aí na frente, e nós já estamos garantidos não temos que jogar nada antes."

(Andrés D'Alessandro, meia do Internacional, sobre as provocações de torcedores gremistas pelo fiasco do Inter no Mundial de Clubes da FIFA).

sábado, 18 de dezembro de 2010

FRASE

" - Acredito que, como comentei, a festa tem que ser feita depois do título, como o Inter de Milão fez neste sábado. Mas tenho um carinho muito grande pelo Internacional, tenho grandes amigos lá."

(Lúcio, zagueiro da Inter de Milão-ITA, campeã mundial de clubes de 2010, sobre a eliminação do Internacional para o Mazembe, do Congo).

RETROSPECTIVA 2010

Este blog definiu alguns tópicos sobre o futebol em 2010:

- A melhor contratação
Robinho, do Santos. O jogador foi repatriado numa ótima transação feita pelo Santos junto ao Manchester City-ING, recuperou seu bom futebol ajudando o time a conquistar o Paulistão e a Copa do Brasil, e foi titular da seleção brasileira na Copa da África do Sul, ou seja, o projeto de curto prazo foi bem-sucedido para o atleta e o clube. Prova disso é que ainda tem vaga na seleção do técnico Mano Menezes.

- O craque do ano
Dario Conca, do Fluminense. Jogou as 38 rodadas do Brasileirão, levou apenas 2 cartões amarelos em todo o torneio, fez gols importantes, com ótimas atuações, disciplinado, não se envolveu em polêmicas, e ofuscou as estrelas da equipe. Foi simplesmente determinante para o título brasileiro conquistado pelo Fluminense depois de 26 anos.

- O personagem do ano
Diego Maradona, como técnico da Argentina. Apareceu mais do que sua própria seleção na Copa da África do Sul. Polêmico, extrovertido, figura carimbada nas imagens do Mundial.

- O melhor time do ano
Santos, pelo que fez no 1º semestre. Campeão Paulista e da Copa do Brasil com um futebol envolvente, ofensivo, veloz e habilidoso, que chamou a atenção em todo o Brasil e o mundo. Goleadas históricas como 10 x 0 sobre o Naviraiense-MS, 9 x 1 sobre o Ituano-SP e 8 x 1 sobre o Guarani encantaram os amantes do futebol-arte como há bastante tempo não se via. Com a saída de Robinho, André, Wesley, a contusão grave de Ganso e a demissão do técnico Dorival Junior, o time só cumpriu tabela na reta final do Brasileirão.

- O melhor treinador do ano
Dorival Junior. Em apenas 9 meses como técnico do Santos, jamais abriu mão de jogar sempre no ataque com a molecada. Conquistou 2 títulos e poderia ter também a tríplice coroa na Vila Belmiro, se não fosse o lamentável episódio com o atacante Neymar, que culminou com a sua injusta demissão. Foi para o Atlético-MG com o time em crise e na zona de rebaixamento do Brasileirão. Arrumou a equipe e evitou a degola do clube mineiro.

- A vergonha do ano
O Palmeiras. Sequer chegou às semifinais do Paulistão, foi eliminado pelo Atlético-GO na Copa do Brasil e caiu na semifinal da Copa Sulamericana para o então rebaixado e limitado Goiás, em pleno Pacaembu, depois de vencer o jogo de ida por 1 x 0. O próprio técnico Felipão definiu essa partida como "uma enorme vergonha e inesquecível". No Brasileirão, permaneceu inoperante na parte intermediária da tabela.

- O mico do ano
O Internacional. Depois de ser campeão da Copa Libertadores, o time se acomodou no Brasileirão visando o Mundial de Clubes da FIFA. Preocupou-se demais com a Inter de Milão-ITA e acabou sendo eliminado antes da final do torneio de Abu-Dhabi pelo fraco e inexpressivo Mazembe, do Congo, por 2 x 0. Um grande mico! Como dizia Vicente Matheus, o lambari é pescado e o jogo é jogado...

- O melhor jogo do ano
Santos 3 x 0 São Paulo, no 2º jogo da semifinal do Paulistão, na Vila Belmiro. O São Paulo precisava vencer por 2 gols de diferença, pois havia perdido a partida de ida por 3 x 2 no Morumbi. Foi completamente dominado pelos meninos da Vila na sua fase mais áurea da temporada e não viu a cor da bola naquele jogo. Eu estava no estádio e o Santos arrasou o time de Rogério Ceni. O jogo São Paulo 4 x 3 Santos, pelo 2º turno do Brasileirão, no Morumbi, também foi muito bom e bastante disputado. Aos 21 minutos do 1º tempo, o placar já estava 3 x 2 para o São Paulo, ou seja, com 5 gols marcados. Mas a semifinal do Paulistão foi imbatível em termos de bom futebol.

- A decepção do ano
Corinthians. Apesar de montar um elenco considerado acima da média, não ganhou absolutamente nada no ano de seu centenário. E ainda vai ter que disputar a respescagem da Copa Libertadores no começo de 2011.

- O mala do ano
Dunga, técnico da seleção brasileira na Copa da África do Sul. Mal humorado, birrento, arrogante e teimoso. Dunga foi o retrato de seu time dentro de campo.

INTERNACIONAL, 3º LUGAR NO MUNDIAL DE CLUBES

DEU A LÓGICA: INTER DE MILÃO CAMPEÃ MUNDIAL

Sem dar chance à nenhuma zebra, a Inter de Milão-ITA confirmou a lógica. Fez 6 gols em 2 jogos, não tomou nenhum, e sai de Abu-Dhabi como campeã mundial de clubes de 2010. Suas 2 participações no torneio disputado nos Emirados Árabes foi com a mesma proposta de jogo: A posse de bola e o controle absoluto da partida. Com mais volume de jogo, o time italiano usou bem suas individualidades e se impôs dentro de campo, abrindo o placar e depois administrando nos contra-ataques. No jogo da final, venceu o Mazembe, do Congo, por 3 x 0, sendo que os 2 primeiros gols saíram antes dos 20 minutos do 1º tempo, o que deu bastante tranquilidade para a equipe do técnico Rafael Benitez simplesmente cadenciar a partida. O camaronês Samuel Eto'o foi o grande destaque da decisão, fez um bonito gol e comandou as principais jogadas ofensivas de sua equipe. E o Internacional? Ah, conseguiu a proeza de ser o 3º colocado do torneio...

ADRIANO, TRICAMPEÃO DO TROFÉU "BIDONE D'ORO"

Muricy Ramalho foi 4 vezes campeão brasileiro nas últimas 5 temporadas. Já o jogador Adriano, que está na Roma-ITA, também foi agraciado com 3 troféus nos últimos 5 anos, mas de um título indigesto: o de pior jogador do ano na Itália. O troféu "Bidone D'Oro" (ou "lixeira de ouro", em italiano) é concedido anualmente pela rádio Catersport ao pior jogador do Campeonato Italiano. Adriano já havia recebido a "honraria" em 2006 e 2007, quando atuava pela Inter de Milão. Dessa vez, disputou o título com os seguintes concorrentes: Ronaldinho Gaúcho (Milan), Felipe Melo (Juventus), Mancini (Inter de Milão), Diego (ex-Juventus e atualmente no Wolfsburg-ALE), Amauri (Juventus, naturalizado italiano), Mutu (Fiorentina) e os italianos Materazzi (Inter de Milão) e Cassano (Sampdoria). Adriano foi eleito o tricampeão deste nada cobiçado prêmio. E Corinthians e Palmeiras seguem na briga para tê-lo na temporada de 2011...será que vale mesmo a pena um investimento desses?...

FRASE

" - Ficamos felizes que tem possibilidade. Mas não podemos nos iludir muito. Claro que temos expectativa, mas é contida. Por enquanto, não chegou ninguém e pensamos nos que estão aqui. Não sei até que ponto está a situação de Ronaldinho, Adriano, se é possível, se não é. Eu não me iludo. Mas não adianta trazer esses jogadores e ficar devendo para outros."

(Kléber, atacante do Palmeiras, sobre a eventual contratação de Ronaldinho Gaúcho ou Adriano para a temporada de 2011).

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O FUNK DO MAZEMBE NO MUNDIAL DE CLUBES



Goleiro do Mazembe e sua dancinha exótica durante comemoração da vitória por 2 x 0 sobre o Internacional e a classificação às finais do Mundial de Clubes da FIFA 2010...

MAZEMBE PODE SER O MELHOR DO MUNDO?

O Mazembe, do Congo, conseguiu o maior feito da história do futebol africano de clubes ao eliminar Pachuca-MEX e Internacional no Mundial de Clubes da FIFA, disputado em Abu-Dhabi. Simplesmente vergonhoso para o Internacional ser derrotado por 2 x 0 para um time tão inferior e inexpressivo do futebol mundial. O grande problema é que os gaúchos estavam preocupados demais com a Inter de Milão-ITA e não deram tanta importância ao desconhecido e fraco clube africano. Só perceberam o perigo iminente de uma tragédia no começo do 2º tempo, quando a equipe do Congo abriu o placar diante de 8 mil torcedores de camisa vermelha nos Emirados Árabes. Vacinada pela derrota humilhante dos brasileiros, a Internazionale entrou com seriedade na sua partida contra o também inexpressivo Seongnan, da Coréia do Sul, e passou à final do torneio vencendo com facilidade por 3 x 0.
Agora, uma pergunta que só pode ser respondida pelos gestores da FIFA:
- Caso aconteça outra zebra na final do Mundial de Clubes, ou seja, se o africano Mazembe vencer as estrelas da Inter de Milão, o Mazembe pode realmente ser considerado o melhor time de futebol do planeta? O campeão do mundo?...

domingo, 12 de dezembro de 2010

FRASE

" - É difícil encontrar no futebol de campo jogadores que ganhem aquilo que eu ganho na quadra. Estou no mesmo nível ou até acima. Só fico atrás dos grandes jogadores, como Ronaldo...O Santos é o time que sempre torci. Era fã do Giovanni e do João Paulo, ponta esquerda. Espero fazer história com essa camisa e, quem sabe, chegar ao gol 2.000."

(Falcão, melhor jogador de futsal do mundo e contratado pelo Santos para a temporada de 2011).

ADRIANO ESTÁ INFELIZ NA EUROPA... DE NOVO?

Há cerca de 2 anos atrás, Adriano disse que estava "infeliz" na Inter de Milão-ITA e que não poderia mais continuar jogando futebol. Ele simplesmente voltou para o Brasil e abandonou o clube italiano, um dos mais respeitados do planeta. No Rio de Janeiro, Adriano voltou a ser feliz, frequentando baladas e perto de familiares e amigos. Meses depois de voltar, foi anunciado como novo jogador do Flamengo, clube que o revelou para o futebol. Campeão brasileiro de 2009, Adriano se envolveu em episódios pessoais polêmicos e, mesmo como ídolo de parte da torcida, acabou deixando o Flamengo. A Roma-ITA resolveu dar nova chance ao jogador de voltar a atuar na Europa e Adriano retornou aos gramados italianos. Agora, Adriano se diz novamente "infeliz", nem está sendo relacionado para os jogos do Campeonato Italiano, e deve ser anunciado seu retorno ao Brasil para jogar ao lado de Ronaldo no Corinthians em 2011. Ora, Adriano está infeliz de novo? Será sempre assim? Um clube paga alto pelo seu futebol e, depois de algum tempo, o cara pára de jogar porque diz que está deprimido e infeliz? Essa é a diferença dos jogadores argentinos. Carlitos Tevez, por exemplo, diz que não está contente no Manchester City-ING, já pediu para rescindir seu contrato com o clube britânico, mas cada vez que entra em campo dá o melhor de si, com a mesma garra e vontade de sempre, o que facilita sua transferência para qualquer outro clube do mundo, deixando as portas do mercado sempre abertas para ele. Outro exemplo é D'alessandro, do Internacional. No começo de 2010, o argentino chegou a pedir para deixar o clube gaúcho e se transferir para seu ex-time, o River Plate-ARG. A diretoria colorada queria a permanência do atleta na temporada de 2010 e ambos não chegaram a um acordo, D'alessandro permaneceu no Beira Rio e foi campeão gaúcho e da Libertadores, sendo um dos destaques do time, sempre jogando com bastante disposição. Ou seja, os argentinos podem até desejar a saída de seus clubes, mas em nenhum momento deixam de jogar e dar o seu melhor quando entram em campo, jamais abandonam suas equipes que honram o compromisso e pagam elevados salários em dia. Dizer que está deprimido e infeliz como trunfo para voltar ao Brasil parece que virou rotina na carreira de Adriano. E o pior é que os clubes aceitam esse tipo de comportamento...

FRASE

" - No Brasil, os treinadores inventam muito, essa que é a verdade. Marcam treino de manhã e de tarde, concentração de vários dias...O Barcelona goleou o Real Madrid e os jogadores não concentraram. Por isso que eu acho que alguns treinadores brasileiros tiveram a carreira curta fora, porque quiseram levar esta cultura, em vez de se adequar aos costumes que têm na Europa."

(Rivaldo, 38 anos, pentacampeão mundial na Copa da Ásia de 2002 com a seleção brasileira, atual jogador e presidente do Mogi Mirim).

O CENTENÁRIO DO CORINTHIANS ACABOU

Tem muito corintiano dizendo por aí que o centenário só vai acabar em setembro de 2011...Ora, isso é conversa fiada de quem não conquistou nenhum título em 2010, nem Copa SP de Futebol Júnior, nem Carnaval, nada... O ano do centenário (ou melhor, "centenada") passou em branco. O Internacional foi campeão da Libertadores em 2010 e fez 100 anos em 2009, e nem por isso tem torcedor gaúcho dizendo por aí que o Inter foi campeão no centenário... E foi um centenário bastante centenada mesmo, pois o Corinthians sequer chegou às semifinais do Paulistão, foi eliminado nas oitavas-de-final da Libertadores e terminou o Brasileirão em 3º lugar, depois de permanecer praticamente o campeonato inteiro no topo da tabela e, por causa disso, ainda vai ter que disputar a respescagem da Libertadores no fim de janeiro de 2011 para daí sim participar do torneio sulamericano de fato. E pior: na última e decisiva rodada do Brasileirão 2010, o time teria obrigatoriamente que vencer para ser campeão, mas conseguiu apenas empatar com os reservas do Goiás, que já estava rebaixado há 2 rodadas antes. O centenário desandou...e já acabou.

RIO CONQUISTA O BRASILEIRÃO PELO 2º ANO SEGUIDO



Flamengo em 2009 e Fluminense em 2010...campeões brasileiros de futebol...

sábado, 11 de dezembro de 2010

GOIÁS NÃO AGUENTOU A PRESSÃO

O Goiás desperdiçou talvez a última e única chance de conquistar um título internacional: perdeu a Copa Sulamericana e uma vaga na próxima Libertadores para o limitado time do Independiente-ARG. Aliás, esse era o ponto em comum entre os 2 finalistas: ambos são bastante limitados e por isso estavam disputando esse torneio sulamericano, que premia os piores do ano anterior em seus países. O Goiás venceu em casa por 2 x 0 na 1ª partida da final, entrou com vantagem de perder por até um gol na Argentina, mas foi massacrado pelo Independiente no 1º tempo, que terminou 3 x 1 para os hermanos, mas que poderia ter sido 4 x 1 ou 5 x 1 tranquilamente. A torcida exerceu enorme pressão e o time goiano não suportou, pois não se preparou para essa pressão. O lado emocional ficou bastante desfavorável e até gol de jogador sentado o goleiro Harley levou. O Goiás voltou melhor no 2º tempo, criou algumas chances, sendo a principal delas no fim do jogo, aos 45 minutos, quando Rafael Moura desperdiçou um gol incrível, ao preferir dominar uma bola cruzada dentro da pequena área, em vez de chutá-la de primeira para o gol à sua frente. Os brasileiros perderam o título nos pênaltis, também debaixo de bastante pressão do estádio lotado, e voltaram para casa derrotados ainda mais emocionalmente. O Goiás foi rebaixado para a 2ª divisão no Brasileirão e não conseguiu encarar o Independiente na Argentina. Melhor para o Grêmio, que com isso ganhou um "Vale-Libertadores" para o começo de 2011.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

SAN-SÃO DISPUTA RICARDO OLIVEIRA

Em 2006, o Santos fez contato e chegou a anunciar extra-oficialmente a contratação do atacante Lenílson, que era do Noroeste, de Bauru. O São Paulo atravessou o negócio e acabou fechando contrato com o jogador. No mesmo ano, Zé Roberto estava em fisioterapia no CT do São Paulo depois de passar por uma artroscopia no joelho após a Copa do Mundo da Alemanha. Sua contratação era dada como certa pelo São Paulo, mas daí foi a vez do Santos atravessar a negociação e fechar contrato com Zé Roberto, que foi campeão paulista de 2007 pelo Santos e semifinalista da Copa Libertadores.
Agora, a bola da vez entre os dois clubes é o atacante Ricardo Oliveira, que disputou o Campeonato Brasileiro deste ano pelo São Paulo, mas que já passou pelo Santos em 2003. O jogador pertence ao Al-Jazira, da Arábia.
A pergunta que eu faria ao jogador é a seguinte: " - Ricardo, você gostaria de jogar a Libertadores pelo Santos em 2011?". E pronto. Em caso de sim, o Santos deveria sim interferir na negociação do São Paulo junto ao clube árabe e tentar fechar com o jogador que já vestiu a camisa santista e foi bem. Em caso de não, é simples: tchau e bença. Que seja feliz no Morumbi, disputando o Paulistão e a Copa do Brasil na próxima temporada. Todos os esforços têm que depender do interesse e da vontade do atleta de jogar por um clube. Não adianta fazer barganha ou leilão, pois isso só valoriza o passe do atleta no mercado. As vezes de forma exagerada.

FRASE

" - Gostaria de agradecer a homenagem ao Corinthians e cumprimentar o Fluminense, o Coritiba e o ABC, campeões também das Séries B e C. E lembrar que quando o Corinthians foi campeão em 2008, voltou pela porta da frente."

(Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, durante evento de premiação do "Craque do Brasileirão 2010", em resposta às vaias que recebeu de torcedores do Fluminense quando a CBF homenageou o centenário corintiano).

TROFÉU "CRAQUE DO BRASILEIRÃO" 2010

Na 6ª edição do "Craque do Brasileirão" 2010, promovido pela CBF, o que não faltou foi falta de organização e provocações. O evento foi realizado no luxuoso Teatro Municipal do Rio de Janeiro e estiveram presentes jogadores, treinadores, dirigentes, artistas, jornalistas e celebridades. E um bom número de torcedores do Fluminense, que mais provocaram jogadores e dirigentes de clubes rivais do que prestigiaram o evento. Cada vez que um jogador do Fluminense era anunciado como concorrente ao prêmio em cada posição ouviam-se gritos de incentivo, que eram trocados por provocações e vaias quando os jogadores de outros clubes eram mostrados. O Coritiba e o ABC-RN foram homenageados como campeões das séries B e C. O Bahia ganhou o prêmio de Melhor Torcida. A seleção brasileira de 1970 estava parcialmente presente e também foi homenageada, com a presença de João Havelange, presidente de honra da FIFA. Mas os momentos mais curiosos aconteceram quando Ronaldo e o centenário do Corinthians foram homenageados pela CBF. Ao se pronunciar no palco, Ronaldo disse que "os torcedores presentes mais exaltados deviam ter mais respeito pelos jogadores de outros clubes". Foi prontamente vaiado ainda mais. No fim do evento, o presidente Luis Inácio Lula da Silva foi chamado para entregar ao presidente corintiano Andrés Sanchez uma placa comemorativa aos 100 anos do clube. Os torcedores então entoaram "Ahh..Centenada!..Ahh..Centenada...". A provocação irritou bastante o presidente Andrés, que pediu o microfone e disparou: "Parabéns ao Fluminense, mas o meu time também já foi rebaixado e voltou para a elite pela porta da frente". Foi novamente bastante vaiado, ainda mais. Se a CBF mal consegue organizar um evento de premiação, o que será da Copa do Mundo daqui a pouco mais de 3 anos?
Segue abaixo os premiados do Brasileirão 2010:

Goleiro
Fábio (Cruzeiro)
Laterais
Mariano (Fluminense)
Roberto Carlos (Corinthians)
Zagueiros
Dedé (Vasco)
Miranda (São Paulo)
Volantes
Jucilei (Corinthians)
Elias (Corinthians)
Meias
Montillo (Cruzeiro)
Conca (Fluminense)
Atacantes
Jonas (Grêmio)
Neymar (Santos)
Treinador
Muricy Ramalho (Fluminense)
Revelação
Bruno Cesar (Corinthians)
Craque da Galera
Conca (Fluminense)
Árbitro
Sandro Meira Ricci

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

BRASILEIRÃO NIVELADO POR BAIXO

Como eu disse anteriormente, na comparação com o copo pela metade, que pode estar quase cheio e ao mesmo tempo quase vazio, dependendo da visão de cada um, o Brasileirão de 2010 foi mesmo nivelado por baixo. Uma das provas disso é a baixa média de gols: 2,57 por partida. É a pior média de gols dos últimos 15 anos. Outro dado negativo deste torneio foi a grande quantidade de empates: dos 380 jogos, 110 terminaram sem vencedor. E dos 110 empates, 50 acabaram com o placar de 1 x 1. Dos artilheiros, Jonas foi o maior com 23 gols. Diego Tardelli, do Atlético-MG, que em 2009 fez 19 gols, neste ano marcou apenas 10 vezes. Val baiano que fez 18 gols em 2009 com o Barueri, no Flamengo de 2010 só marcou 3 gols. E Wellington Paulista, do Cruzeiro, despencou de 14 para 7 gols. O Flamengo foi campeão de 2009 com 77 pontos, enquanto que o mais novo campeão Fluminense fez 71 pontos dessa vez. O Brasileirão 2010 foi tecnicamente fraco sim, nivelado por baixo, diferentemente de anos anteriores.

FLUMINENSE - CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2010



Homenagem ao Fluminense FC, legítimo campeão brasileiro de 2010.

FRASE

" - Se o Forlán quiser ser freguês, pode ir para o São Paulo. Agora, se ele quiser ser vencedor, vou aconselhar para que acerte com o Corinthians."

(Elias, ex-volante do Corinthians que foi contratado pelo Atlético de Madrid-ESP, ironizando uma possível negociação de seu novo companheiro de equipe Diego Forlán com o São Paulo).

FLU CAMPEÃO...EU JÁ SABIA, MAS NEM TANTO

Logo após o fim da penúltima rodada, eu postei que o Fluminense já era o campeão brasileiro de 2010, pois dificilmente perderia a chance de voltar a sentir o gosto de um título nacional após 26 anos. E também por que jogaria a "decisão" contra o Guarani, um time fraco e já rebaixado, no Rio de Janeiro, e dependendo unicamente de si próprio. E ganhou, mesmo demonstrando enorme ansiedade e nervosismo durante toda a partida. Mas eu queimei minha língua. Sempre defendi o Cruzeiro como o grande candidato a conquistar o título, pois acreditava (e ainda acredito) que o time de Minas Gerais era o melhor e mais preparado, com o melhor conjunto para ser campeão. Disse várias vezes que não acreditava no Fluminense e nem no Botafogo, pois geralmente são mais do mesmo. E são mesmo. Mas o troféu continua no Rio de Janeiro pelo 2º ano seguido, com o bagunçado Flamengo em 2009 e com o insistente Fluminense em 2010. Também duvidei mais de uma vez que o técnico Muricy Ramalho conquistaria esse título, depois do fracasso no ano passado com o também bagunçado Palmeiras (de sempre). E o Fluminense de Muricy, que disse não à seleção brasileira para continuar no clube, foi campeão. Mas uma coisa é inegável: o grande prejudicado foi o Cruzeiro, injustiçado pela arbitragem do sr. Sandro Meira Ricci no importante e decisivo jogo contra o Corinthians, no Pacaembu, a 4 rodadas do fim. O Cruzeiro poderia ter vencido aquele jogo, não fossem os erros grosseiros do árbitro, e justamente são esses 3 pontos que lhe tiraram o título. Outra coisa inegável: O Fluminense só foi campeão pelo "desinteresse" de São Paulo e Palmeiras nas últimas rodadas, pois eu tenho certeza de que, em condições normais, o time carioca jamais conseguiria os 6 pontos que conseguiu jogando contra esses 2 clubes em São Paulo, pois no 1º turno empatou contra esses mesmos times dentro do Engenhão. E o Corinthians? Teve um "empurrãozinho" na reta final, mas na última rodada não conseguiu sequer fazer a sua própria parte, e só empatou por 1 x 1 com os reservas do rebaixado Goiás.
Fluminense campeão brasileiro de 2010. Parabéns. E eu já sabia...só que apenas na última semana do campeonato...

domingo, 5 de dezembro de 2010

VIDA DE BANDEIRINHA É DURA



Um jogo da 3ª divisão do Campeonato Espanhol tem mais emoção para um bandeirinha do que um Barcelona x Real Madrid. Isso é que é interagir com a partida...

CHEVETTE 78 POR UM INGRESSO

Um torcedor do Fluminense frustrado por não ter conseguido ingresso para o jogo contra o Guarani, que deve dar o 2º título nacional ao time carioca, resolveu fazer uma tentativa inusitada para não ficar do lado de fora do Engenhão. Trocar seu Chevette ano 1978 por um ingresso. Será que o dono do ingresso vai querer troco?...

sábado, 4 de dezembro de 2010

NEYMAR: "O HOMEM DO ANO" ?

Neymar recebeu da revista "VIP" o título de "Homem do Ano de 2010".
Apesar do episódio polêmico com Dorival Junior, que culminou com a demissão do treinador, Neymar tornou-se celebridade no ano de 2010 com apenas 18 anos de idade.
As conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil pelo Santos e as convocações para a seleção brasileira lhe trouxeram bastante fama (além do visual chamativo), e tornaram o jogador um símbolo de idolatria, principalmente para as adolescentes e garotos que estão começando no futebol. A conta no Twitter do atacante santista possui mais de 474 mil seguidores. A briga de Neymar com Dorival Junior ofuscou um pouco o brilho da temporada do craque, mas de novo a fama derrotou o bom senso. Para mim, Neymar como "Homem do Ano" é um enorme exagero, ele ainda tem muito o que fazer para isso.

RECORDAR É VIVER...



Este é o 1º "Globo Esporte" que foi ao ar em 14 de agosto de 1978. Incrível como o Léo Batista parece o atual com uma dose de Photoshop...e olha só o Juarez Soares como repórter no fim do video... Ah, o programa mostra o título brasileiro do Guarani sobre o Palmeiras naquele ano.

E AGORA OS ESTÁDIOS DO BRASIL PARA 2014



daqui a 2 anos e meio tem que estar tudo pronto... será??

OS ESTÁDIOS DA RÚSSIA PARA 2018



Tenho certeza de que o Fielzão vai ser parecido com pelo menos um dos estádios da Rússia para a Copa do Mundo de 2018...

TITE PEDE PARA CORINTIANOS RELEMBRAREM 2005

Em entrevista coletiva um dia antes da última rodada do Brasileirão, o técnico Tite disse que relembrou a conquista do título de 2005 pelo Corinthians e pediu para a torcida corintiana fazer o mesmo. Ok, Tite. Recordar é viver, só que desta vez não há Edílson Pereira de Carvalho e nem Marcio Resende de Freitas (espero!) na arbitragem, como no polêmico torneio de 2005. A diferença é que em 2010 o grande prejudicado pela arbitragem foi o Cruzeiro, em vez do Internacional. O melhor dos 3 times que ainda sonham com o troféu, que teria bem mais chances na última rodada se não fosse a arbitragem do juiz Sandro Meira Ricci na partida Corinthians 1 x 0 Cruzeiro, no Pacaembu.

FRASE

" - Mesmo se eu fosse homossexual, isso não interferiria em campo...Conquistei títulos, fui campeão mudial, convocado para a Seleção. Se todo mundo quiser contestar a vida pessoal, fica difícil. Eu trabalho, dou o meu melhor, o que vale é o profissional dentro de campo. Me desculpa se eu não consegui ser aquilo que eles querem, vou viver a minha vida, não vou mudar."

(Richarlyson, em entrevista coletiva durante sua despedida do São Paulo).

OS ESTÁDIOS DO QATAR PARA 2022



Será que o Fielzão possui um "rascunho" parecido com os estádios projetados pelo Qatar para a Copa do Mundo de 2022?

QATAR PROMETE ESTÁDIOS COM AR-CONDICIONADO PARA A COPA DE 2022

Valeu a estratégia adotada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, de não participar pessoalmente da solenidade de escolha das novas sedes para os Mundiais de 2018 e 2022. Putin não viajou para Zurique, na Suiça, sede da FIFA, onde foram divulgadas a Rússia e o Qatar como anfitriões dos próximos torneios. O presidente russo disse que as escolhas "estavam com campanhas sem escrúpulos" por parte dos países favoritos: Espanha e Portugal. E a Rússia ganhou o direito de sediar a Copa em 2018.
Mas a escolha de Qatar como sede em 2022 teve um ingrediente que chama bastante a atenção: o país prometeu construir estádios modulares (que podem ser desmontados) e com ambiente climatizado.
Nos meses em que a Copa é realizada, junho e julho, o país do Oriente Médio chega a temperaturas elevadas que podem se aproximar dos 50ºC. Os estádios teriam sistemas ecologicamente corretos de ar-condicionado, movidos à energia solar, que manteriam a temperatura interna em 27ºC. Em dias de calor mais ameno, as arenas manteriam temperatura de 20ºC. O potencial econômico do Qatar promete que a Copa do Mundo de 2022 seja a maior da história em todos os tempos. Alguém tem dúvida?...

terça-feira, 30 de novembro de 2010

FRASES

" - É um prazer muito grande estar fazendo parte deste clube, que é o meu de coração. Estou realizando um sonho, depois de 33 anos, coisas que a gente não imaginava mais que fossem acontecer de repente acontecem...A gente vai ter uma equipe competitiva, uma comissão técnica top...Não adianta fazer algo por fazer. Vestir a camisa do Santos é uma responsabilidade muito grande."

(Falcão, melhor jogador de futsal do mundo, contratado pelo Santos).

" - Tenho muita vontade de voltar para a minha casa. É lógico que o Santos é o clube com o qual eu tenho mais ligação."

(Elano, meia do Galatasaray-TUR, sobre o seu retorno ao Santos).

SANTOS CONTRATA ELANO E FALCÃO

O Santos anunciou duas contratações expressivas para a temporada de 2011: o retorno do meia Elano, menino da Vila projetado no clube no começo da década e que foi bi-campeão brasileiro pelo Santos em 2002 e 2004. E a contratação do ala Falcão, considerado o melhor jogador de futsal do mundo.
Elano assinou contrato por 3 temporadas e retorna à Vila Belmiro depois de 6 anos, tendo passado por Shakhtar Donetsk-UCR, Manchester City-ING e, por último, Galatasaray-TUR. Foi titular absoluto da seleção brasileira com o técnico Dunga, inclusive disputando a Copa do Mundo da África do Sul.
Falcão foi contratado para o projeto do Santos de formar uma grande equipe de futebol de salão em 2011, que dispute os títulos dos principais torneios da modalidade no Brasil.

Detalhe: para facilitar as negociações entre Santos e Galatasaray-TUR, Elano abriu mão de receber R$ 3,3 milhões.

BARÇA HUMILHA O REAL MADRID

Na segunda-feira 29/11 aconteceu um dos maiores clássicos do futebol internacional: Barcelona x Real Madrid jogaram no estádio Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. E o que se viu foi uma goleada histórica e humilhante do Barcelona por 5 x 0. E com um futebol simplesmente esmagador, maravilhoso da equipe azul-grená, comandada por Xavi e Messi. Um toque de bola envolvente, rápido, eficiente, sem falhas, que "colocou na roda" o galáctico time do Real Madrid, fazendo corar de vergonha o craque português Cristiano Ronaldo. O Barcelona ainda poderia ter ampliado a goleada, mas depois do 5º gol passaram a se exibir para os quase 100 mil espectadores que estiveram no Camp Nou, que entoaram gritos entusiasmados de "olé", aflorando os nervos dos madrilenhos que daí passaram a apelar para jogadas violentas, como única forma de parar o ataque arrasador dos catalães. Lionel Messi não fez gol, mas seus passes e lançamentos foram brilhantes, dignos do melhor jogador do planeta na atualidade. Abidal e Xavi também jogaram demais. Enfim, o Barcelona não deixou o Real Madrid ver a cor da bola, mostrou o que faz o talento no futebol e por que é hoje o melhor time do mundo.

ENTREGOU OU NÃO ENTREGOU? EIS A QUESTÃO... PARTE 2

Bastante se fala sobre as "facilidades" que o Fluminense encontrou nas 2 últimas partidas do Brasileirão, contra São Paulo (1 x 4) e Palmeiras (1 x 2), ambas na Arena Barueri. Contra o São Paulo, as suspeitas foram maiores devido às 2 expulsões e ao placar elástico. No caso do jogo contra o Palmeiras, as chamadas "facilidades" não foram tão evidentes, mas declarações de próprios dirigentes palmeirenses antes da partida mostraram quais seriam as intenções e o desinteresse do time paulista.
Pode não ter acontecido dos 2 times "entregarem" discaradamente, mas que houve um enorme freio-de-mão puxado, isso houve sim com certeza. Eu não acredito em hipótese alguma que, em condições normais, o time do Fluminense viria para São Paulo e conseguisse os 6 pontos que conseguiu jogando contra São Paulo e Palmeiras. No máximo 3 ou 4 pontos, mas jamais os 6 pontos. E além do mais, nas 2 partidas, só os cariocas jogaram, só os cariocas buscaram fazer gol, só os cariocas atacaram, ou seja, só o Fluminense jogou de verdade. São Paulo e Palmeiras raramente chegaram a criar condições reais de gol no decorrer das partidas, se comportaram como verdadeiros "santinhos" dentro de campo. E como o Fluminense não tem nada a ver com isso, fez 6 gols e sofreu apenas 2. E ruma tranquilo ao título nacional. E, para quem não se lembra, no Brasileirão de 2009, o Corinthians também fez uma partida bastante "duvidosa" contra o Flamengo no fim do torneio, em Campinas, que acabou prejudicando o São Paulo e com o Flamengo campeão.

OS MELHORES DO MUNDO NO SÉCULO 21

A Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS) divulgou mais um de seus rankings: Os melhores clubes de futebol do mundo neste século. O Barcelona-ESP foi eleito o melhor do planeta nos últimos 10 anos. Dos times brasileiros, São Paulo, Cruzeiro e Santos são os melhores colocados, conforme abaixo:

12º. São Paulo - 1909 pontos
23º. Cruzeiro - 1592 pontos
26º. Santos - 1539 pontos
38º. Internacional - 1429 pontos
54º. Grêmio - 1313 pontos
56º. Flamengo - 1310 pontos
59º. Corinthians - 1298 pontos
64º. Fluminense - 1261 pontos
88º. Palmeiras - 1080 pontos
103º. Atlético-PR - 1012 pontos

fonte: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2010/11/30/barcelona-e-eleito-o-melhor-time-do-seculo-21-sao-paulo-e-melhor-brasileiro.jhtm

domingo, 28 de novembro de 2010

FLU CAMPEÃO DE 2010

O Cruzeiro ganhou do Flamengo, o Corinthians ganhou do Vasco e o Fluminense ganhou do Palmeiras, ou seja, tudo como já se esperava.
E o Campeonato Brasileiro já tem seu mais novo campeão e o troféu continua no Rio de Janeiro: o Fluminense, que volta a conquistar o título nacional depois de 26 anos (o clube foi campeão brasileiro pela última vez em 1984). Até na semana passada, eu ainda acreditava mais no Cruzeiro do que nos cariocas, mas agora os mineiros têm que vencer seu jogo contra o Palmeiras (até aí está fácil), mas depende de um tropeço do Corinthians em Goiás e de uma vitória do Guarani sobre o Fluminense no Engenhão. Quer dizer, não tem mais jeito. Um empate do Guarani no Rio de Janeiro já seria um milagre, uma vitória então é impossível. Pois neste domingo (28/11), o time de Campinas teve a proeza de ser rebaixado dentro de casa perdendo por 3 x 0 para o Grêmio. E agora ganhar do Fluminense no Rio?... Ah tá. Pode mandar mala branca, preta, azul, bege, que nada neste mundo pode fazer isso acontecer. O Guarani merece estar rebaixado. É mais fácil o também já rebaixado Goiás ganhar do Corinthians no Serra Dourada do que um tropeço do Fluminense no Rio de Janeiro. E o técnico Muricy Ramalho vai conquistar seu 4º título brasileiro, por outro clube tricolor. Poderia ter ganho também em 2005 com o Internacional, mas naquele torneio todos sabem o que aconteceu, Muricy não teve culpa. E também poderia ter ganho em 2009 com o Palmeiras, pois assumiu o time na liderança e com folga, mas no Palmeiras o imponderável sempre acontece. Muricy também merece ser campeão novamente neste ano, pois dispensou a seleção brasileira por respeito ao seu contrato junto ao Fluminense. E trabalhou bastante para isso. O título brasileiro também vai coroar o melhor jogador do Brasileirão, o argentino Dario Conca, que há bastante tempo tem jogado muita bola no Fluminense e, assim como Montillo do Cruzeiro, merece vaga na seleção argentina sim.
Num torneio nivelado por baixo, o Fluminense volta a sentir o gosto de ser campeão.

RECORDAR É VIVER...



Defesa memorável e antológica do goleiro colombiano Rene Higuita, no jogo Inglaterra 0 x 0 Colômbia, disputado em 1995 no estádio de Wembley, na Inglaterra. Esse lance inesquecível foi batizado de "Defesa Escorpião". O goleiro, ídolo na Colômbia, se despediu do futebol aos 43 anos em 25 de janeiro de 2010, num amistoso em seu país.

FRASE

" - Por mim, eu daria W.O. e o time nem entraria em campo no domingo, mas não pode."

(Wlademir Pescarmona, diretor de futebol do Palmeiras, sobre o desinteresse de seu clube pela partida contra o Fluminense, que pode prejudicar o rival Corinthians em caso de vitória dos cariocas).

BATEU MESMO NA TRAVE...DE NOVO.

A Portuguesa mais uma vez bateu na trave, mas teve honra e pelo menos fez a sua parte: venceu o Sport por 2 x 1, em Pernambuco. Mas o América-MG empatou com a Ponte Preta em 0 x 0, em Campinas, e está de volta à 1ª divisão depois de 9 anos.
Na parte de baixo da tabela, Santo André, Ipatinga, América-RN e Brasiliense (do técnico Andrade, campeão brasileiro de 2009 com o Flamengo), foram rebaixados para a série C.
Coritiba, Figueirense, Bahia e América-MG deixaram a série B e retornaram à elite do futebol nacional. Seus torcedores esperam que não seja apenas um "Volto Já"...

sábado, 27 de novembro de 2010

PALMEIRENSES PROTESTAM: "ATÉ QUANDO?"

Torcedores palmeirenses estiveram no CT do clube e "acorrentaram" a entrada principal com várias faixas de protestos, entre elas "Fechado por Incompetência". Os torcedores também exigiam derrota para o Fluminense para prejudicar o rival Corinthians e gritavam: "é só o que faltava, ganhar do Fluminense e ajudar a gambazada".
Dirigentes e jogadores como Luan, Ewerthon, Danilo, Lincoln, Tadeu, Rivaldo e Dinei também foram xingados.
Na reapresentação do elenco, na sexta-feira (26/11), o jogador Kleber reclamou de salários atrasados e ficou surpreso com a resposta de um dirigente: "Se quiser sair, pode sair".
Este é o clima dentro do Palmeiras depois de uma década perdida.

FRASE

" - Ele só não sabia se ficaria em Quito ou na Argentina. Agora ele vai ficar aonde? Na casa dele. Conversou muito, pagou muito caro."

(Hailé Pinheiro, presidente do Goiás, sobre as declarações de Felipão antes do jogo contra seu clube, pela semifinal da Copa Sulamericana, onde o técnico teria até escolhido quais seriam os hotéis que o Palmeiras ficaria hospedado durante as finais do torneio.)

A DÉCADA PERDIDA DO PALMEIRAS

A imagem do garoto às lágrimas no fim do jogo Palmeiras 1 x 2 Goiás, pela semifinal da Copa Sulamericana, no estádio do Pacaembu lotado, retrata com clareza o sentimento do torcedor de um clube que um dia já foi grande: Inconformismo. A grande verdade é que o Palmeiras não sabe andar com suas próprias pernas, pois depois que a empresa italiana Parmalat deixou de patrocinar e administrar o clube, nos anos 90, o Palmeiras não conseguiu mais se firmar como time grande que era. E antes da chegada da Parmalat também, pois havia ficado 16 anos sem títulos antes do Paulistão de 1993. Nesta década (de 2000 para cá), o Palmeiras simplesmente não ganhou nenhum título considerado expressivo, apenas o Paulista de 2008. Pior: conheceu a 2ª divisão do Campeonato Brasileiro em 2003, sendo campeão de um torneio que nenhum outro clube grande gostaria de ser. Deve ter algo de muito errado dentro do Palmeiras. No Brasileirão de 2009, o time esteve no G4 em 32 das 38 rodadas, contratou o experiente e renomado Muricy Ramalho e, no fim, sequer conseguiu vaga para a Copa Libertadores. No Paulistão 2010, dispensou Muricy e contratou nada menos do que Antonio Carlos, ex-jogador e que estava treinando o São Caetano, e sua maior proeza foi golear o próprio Palmeiras dentro do Palestra Itália por 4 x 1. Obviamente que não deu certo. Veio o vexame na Copa do Brasil, quando o time foi desclassificado do torneio nacional pelo fraco Atlético-GO, ainda nas oitavas-de-final. Somado ao fracasso também no Paulistão, onde sequer chegou a disputar a etapa semifinal, o Palmeiras resolveu apostar alto: contratou Kleber Gladiador e Valdivia, "ídolos" dos torcedores e, principalmente, repatriou o técnico Luiz Felipe Scolari, que estava (pasmem!) no Uzbequistão, que poucas pessoas sabem onde fica no planeta. Uma das primeiras medidas que o "xerifão" adotou foi proibir o contato dos jogadores com a imprensa. Depois, cansou de ser arrogante com os jornalistas, que fizeram até protesto contra suas palavras e atitudes usando nariz de palhaço em uma das partidas do Brasileirão durante entrevista com ele. Felipão viu o time descarrilar no Brasileirão, com atuações pouco convincentes e sem nenhum poder de reação. Restou a Copa Sulamericana, que nada mais é do que um prêmio aos piores do Campeonato Brasileiro do ano anterior, pois os clubes que a disputam são os que ficam entre 5º e 13º lugares da tabela. Na edição de 2010, o torneio tinha um aperitivo: vaga na respescagem da Copa Libertadores de 2011. Era a grande chance do Palmeiras e de Felipão. Voltar com um título e uma vaga na próxima Libertadores. O Palmeiras chegou às semifinais, depois de eliminar Vitória e Atlético-MG (que estão na zona de rebaixamento do Brasileirão) e um tal de Deportivo Sucre-BOL. Mas perdeu a vaga na final para o limitado e já rebaixado Goiás por 2 x 1, de virada no Pacaembu lotado, que fez o garoto citado no começo chorar na arquibancada. O Palmeiras amargou mais um fracasso numa década perdida, que faz o clube ficar cada vez menos grande, sem títulos e sem expressão. Nem Kleber Gladiador, nem Valdivia, nem Marcos...quem mais deu um pouco de alegria aos palmeirenses na atualidade foi o veterano Marcos Assunção, exímio cobrador de faltas que fez gols importantes. De faltas, claro. E só.
O Palmeiras precisa se repensar. Urgente. Senão, se apequena cada vez mais...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

FRASE

"- Ainda bem que ele caiu no Morumbi. Se fosse no Pacaembu, o árbitro daria pênalti para o Corinthians!”

(Daniel Perrone, blogueiro do São Paulo FC no site "globoesporte.com", sobre o tombo de Paul McCartney durante show no estádio do Morumbi).

terça-feira, 23 de novembro de 2010

RICHARLYSON ESTÁ FORA DO MORUMBI

Polêmico, temperamental, indisciplinado e violento. Essas 4 características ofuscaram o futebol e a carreira de Richarlyson no Morumbi. Bom jogador, que saiu do modesto Santo André para ser tricampeão brasileiro, da Libertadores e Mundial pelo São Paulo. Mas seus erros foram maiores que seus acertos, especialmente nesta temporada. Nas últimas 10 rodadas do Brasileirão, por exemplo, Richarlyson ficou sem jogar em 6 por suspensão. Lembra bastante o jogador Axel, que nos anos 90 jogou por Santos e São Paulo e que também mais ficava suspenso por indisciplina do que jogava.
Seu destino em 2011 pode ser Botafogo ou Fluminense, que mostram interesse em seu futebol.
Mas o jogador tem que repensar suas atitudes, pois como o próprio técnico Carpegianni disse: "jogador tem que tomar cuidado com a carreira".
Richarlyson até que ficou tempo demais num clube como o São Paulo, que defende tanto a disciplina de seus atletas.

ARBITRAGEM FOI DECISIVA NA RETA FINAL

Eu entendo que duas coisas tem que andar sempre juntas num time de futebol: tática e técnica.
Cabe ao treinador elaborar e implantar a tática, o padrão de jogo, o esquema de marcação e de ataque, a organização em campo e a motivação. Depois dessas definições, os atletas precisam de técnica para implementar tudo isso dentro de campo, além é claro de empenho e disposição.
Com uma tática bem definida e a técnica calibrada de seus jogadores, um time está preparado para ser competitivo em qualquer torneio que disputar.
E o Cruzeiro tinha tudo isso na reta final do Brasileirão. O time havia se preparado bastante para a partida decisiva contra o Corinthians, no estádio do Pacaembu, a 4 rodadas do fim do torneio, um jogo-chave de 6 pontos para ambas as equipes.
Teve até treinamento que mais parecia jogo, com as arquibancadas lotadas de torcedores na Toca da Raposa, 2 dias antes de viajar para São Paulo, o que deu ainda mais motivação à equipe.
O time treinou, se condicionou fisicamente, se preparou taticamente e tecnicamente, e estava motivado.
No jogo, Pacaembu tomado pelos corintianos, o Cruzeiro foi melhor, criou mais oportunidades, perdeu várias chances, teve garra e técnica. Mas também teve faltas e impedimentos marcados incorretamente pelo até então bom árbitro Sandro Meira Ricci, e principalmente 2 pênaltis não assinalados e mais um outro duvidoso.
Só que o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o Corinthians aos 43 minutos do 2º tempo, mostrando completa falta de critério.
Ronaldo converteu o pênalti. E o Corinthians ganhou o jogo de 6 pontos por 1 x 0, ficando mais perto do título do que o Cruzeiro.
O Fluminense tem tudo para ser campeão brasileiro, pois restam 2 rodadas e depende somente dele.
Mas o Cruzeiro foi prejudicado sim, pois estava mais preparado, só que esbarrou na arbitragem.

PROTESTO CONTRA A ARBITRAGEM



Torcedores cruzeirenses protestam contra a arbitragem do Brasileirão no jogo Cruzeiro 3 x 1 Vasco.

A PORTUGUESA VAI BATER NA TRAVE, DE NOVO?

3 clubes já garantiram participação na 1ª divisão do Brasileirão de 2011. Coritiba, Figueirense e Bahia. Resta apenas uma vaga, que está sendo disputada por América-MG e Portuguesa. Será que mais uma vez a Portuguesa vai bater na trave e continuar na série B? Basta uma vitória sobre o Sport, em Pernambuco, e uma derrota do América-MG para a Ponte Preta, em Campinas. O Sport não almeja mais nada, só está esperando as férias. A Ponte Preta pode até vencer os mineiros em seu estádio, mas eu sinceramente não acredito num triunfo da Portuguesa. Mesmo contra um adversário desmotivado. Fala-se em "mala branca" para a Ponte Preta vencer, mas em primeiro lugar a Lusa precisa fazer a sua parte. E é aí que está o velho problema. Ipatinga e Santo André caíram para a série C. Que coisa feia...o Santo André conseguiu desfazer tudo o que havia feito de bom no 1º semestre, com um bom elenco foi vice-campeão paulista e depois desmanchou o time. Perdeu ótimos jogadores como Bruno Cesar, Carlinhos, Branquinho, Rodriguinho, até mesmo o técnico Sergio Soares que está no Atlético-PR. E agora vai amargar a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro. Mas nada melhor do que ter de volta o Bahia na 1ª divisão. Um clube tradicional, de uma torcida enorme e apaixonada, que fez bastante falta. Sobe o Bahia e desce o rival Vitória?...

FRASE

"– Eu nem sei se tem jogo no domingo. Vai ter jogo no domingo?(...)Que tipo de jogo?"

(Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, ironizando o próximo jogo de seu time no Brasileirão contra o Fluminense, que pode deixar os cariocas ainda mais pertos do título em caso de vitória).

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

ENTREGOU OU NÃO ENTREGOU? EIS A QUESTÃO...

O Fluminense teria que vencer o São Paulo fora de casa e ainda torcer por um tropeço do Corinthians diante do Vitória, na Bahia. Detalhes: o Vitória estava ameaçado de rebaixamento e o São Paulo ainda tinha chances (remotas) de classificação à Copa Libertadores de 2011. Uma rodada decisiva. Mas boa parte dos torcedores são-paulinos que foram à Arena Barueri pediam para seu time "entregar" o jogo para os cariocas, o que atrapalharia bastante a vida dos corintianos na briga pelo título do Brasileirão. O jogo foi 4 x 1 para o Fluminense. E o São Paulo "entregou" mesmo? O jogo teve 2 jogadores são-paulinos expulsos, Xandão e Richarlyson. E quando a partida ainda estava empatada em 1 x 1. Tudo bem que Richarlyson ser expulso não é nenhuma novidade, né...ele mais fica suspenso por expulsão do que joga, é um jogador violento sim e reclama demais também. E depois dessas expulsões, o Fluminense "passeou" em Barueri. Fez mais 3 gols e se tivessem mais uns 5 minutos de partida, fatalmente teria feito o 5º gol. O Fluminense jogou muito mais do que os são-paulinos durante toda a partida. Somente os cariocas procuraram o gol, desde o 1º tempo. Nem o bonito gol de letra marcado por Lucas Gaúcho conseguiu espantar a interrogação se o São Paulo fez ou não corpo mole. Rogério Ceni disse a noite, no programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta, que não houve falta de postura de seu time e que jogar com 2 a menos não dá. Mas justamente neste jogo, Ceni? 2 expulsões e ser goleado por 4 x 1 dentro de casa? Isso só faz aumentar as suspeitas. E os torcedores do Fluminense e boa parte dos são-paulinos fizeram a festa...

FRASE

"- É uma situação lamentável para um clube da grandeza do Goiás. Isso aconteceu porque esse time foi feito de brinquedo o ano todo. O rebaixamento não aconteceu hoje, mas começou há 10 meses."

(Harlei, goleiro e capitão do Goiás, sobre o rebaixamento do clube para a 2ª divisão após ser goleado pelo Santos por 4 x 1 em pleno Serra Dourada).

CURTAS E DIRETAS

- O Flamengo de novo foi só bastante correria, mas dessa vez venceu o fraco e rebaixado Guarani, no Rio de Janeiro. Respira mais aliviado, juntamente com seu técnico Vanderlei Luxemburgo.

- Jogando com os reservas ou com os juniores não importa, novamente o Palmeiras decepcionou no Brasileirão. Após perder por 3 x 0 para o Atlético-GO, dessa vez o time de Felipão perdeu em casa por 2 x 0 para o outro Atlético, só que o mineiro, e que também está no rodapé da tabela. Felipão diz que não, que está "testando" o time para 2011, mas parece que se instituiu uma espécie de "vestibular" no clube. Quem passar, pode ganhar chance na próxima temporada. Será que alguém já "passou"? Parece que ainda não... A base do Palmeiras é isso aí?

- O Santos venceu depois de várias rodadas. Neymar até fez gol de pênalti, acreditem!.. E o time do técnico interino que mais tempo ficou no cargo, Marcelo Martellote, goleou por 4 x 1 e rebaixou definitivamente o modesto time do Goiás. Neymar fez 3 gols. Mas o que mais chama a atenção é o seguinte: o Santos já "jogou a toalha" faz tempo, está com um treinador interino há 2 meses, e mesmo assim possui 55 pontos na tabela e está na frente de São Paulo e Palmeiras, dos renomados Carpegianni e Felipão, e que ainda brigavam por alguma coisa no torneio.

- O Botafogo jogou contra o despretensioso Internacional, no Rio de Janeiro, almejando vaga na Libertadores. O Grêmio já havia vencido o Atlético-PR. O Botafogo teria que vencer um adversário jogando com time reserva e apenas cumprindo tabela e que, por rivalidade, não gostaria de ver o rival gaúcho na Libertadores de 2011, certo? Pois é... Mas o Botafogo honrou seu histórico e perdeu por 2 x 1.

- O Corinthians dependia somente dele. Era vencer os 3 últimos jogos e ser campeão. O problema é que o Vitória jogava em casa e está complicado na zona de descenso. O Corinthians saiu na frente, mas o Vitória empatou num pênalti duvidoso. Tão duvidoso quanto o bonito gol anulado de Junior, do Vitória, pelo árbitro Carlos Eugênio Simon, no 2º tempo. Curioso é que não houve repetição detalhada do lance deste gol, que o juiz assinalou impedimento no contra-ataque do time baiano. Cadê o Tira-Teima? Quebrou? de qualquer modo, o título ficou bem mais difícil para o Corinthians.

- O São Paulo entregou o jogo para o Fluminense? O Palmeiras vai entregar? O fato é que p Fluminense goleou o São Paulo por 4 x 1, com 2 jogadores a mais na Arena Barueri, e agora é líder e depende exclusivamente de si para ter o título. É Muricy...parece que este ano vai dar tudo certo.

- O Cruzeiro venceu o modesto time do Vasco e está na briga. Sou mais o Cruzeiro do que o Fluminense...

FRASE

"- É uma situação diferente, com seu torcedor usando um pouco da paixão e você tendo que usar a razão. Foi ruim, perdemos de quatro, só que com dois a menos complica. Mas é claro que é inusitado, é uma situação até certo ponto constrangedora, e qualquer resultado negativo, lógico, gera especulação, e isso é ruim."

(Fernandão, atacante do São Paulo, sobre as manifestações de torcedores são-paulinos pedindo para seu time "entregar" o jogo para o Fluminense, visando prejudicar o rival Corinthians).

domingo, 21 de novembro de 2010

MESSI DECIDE À LA MARADONA

Talento ganha jogo. Sempre. Como diz o ex-jogador e comentarista Falcão: "raça é muito importante, mas o talento sempre prevalesce". Eu concordo plenamente com isso. E o argentino Lionel Messi mais uma vez comprovou essa tese no último clássico entre Brasil x Argentina, disputado na semana passada no Qatar. No último minuto da partida, Messi fez boa arrancada após Douglas perder a bola no meio de campo. Driblou em velocidade vários brasileiros e chutou cruzado na entrada da área, sem chances para o goleiro Victor. Uma linda jogada de Messi que lembrou bastante as jogadas fatais de Diego Maradona. A Argentina venceu por 1 x 0 e o técnico Mano Menezes sentiu o sabor da derrota pela primeira vez à frente da seleção brasileira, um gosto amargo por perder justamente seu maior desafio até então, ou seja, para os argentinos. Foi como eu disse, jogar contra Irã ou Ucrânia é uma coisa, contra a Argentina é outra coisa bem diferente. E a Argentina tem o talento de Messi que decidiu o clássico. E o talento sempre prevalesce.

O GUARANI PERDEU PARA O FLAMENGO

É isso mesmo. Não foi o Flamengo que ganhou, foi o Guarani que perdeu. Se o time de Campinas fosse um pouco melhor, só um pouquinho melhor ou menos ruim, teria pelo menos empatado o jogo contra o Flamengo, mesmo no Rio de Janeiro. Mas de qualquer modo, o Flamengo venceu por 2 x 1 e parece que agora respira bem mais aliviado no Brasileirão. Está com 43 pontos e, segundo o técnico Vanderlei Luxemburgo, precisa de somente mais 1 ponto para garantir a participação na série A do ano que vem. O Flamengo tem pela frente Cruzeiro e Santos. Mas eu acredito que, de novo, o Flamengo balançou, balançou, mas não vai cair. Porque de novo existem equipes piores. E pensar que o Flamengo foi campeão de 2009...

FRASE

"- Se tivesse sido acertado antes das coisas acontecerem, seria bem mais fácil de continuar no Santos. Até porque eu não tinha pretensão de sair. Fiz de tudo para ficar e queria ter ficado. Chegamos num acordo e infelizmente eu tive que ir embora. Se tivessem me procurado antes, teria ficado."

(André, ex-jogador do Santos e desde agosto no Dinamo-UCR, sobre seu desejo de ter permanecido na Vila Belmiro caso o Santos tivesse feito proposta de renovação de contrato).

terça-feira, 16 de novembro de 2010

NEYMAR CONCORRE AO GOL MAIS BONITO DE 2010



Neymar, Messi e mais 8 jogadores do mundo inteiro estão concorrendo ao "Puskas Award", o prêmio anual concedido pela FIFA ao gol mais bonito de cada temporada. O gol do santista na vitória por 2 x 1 sobre o Santo André, pelo Campeonato Paulista, está na disputa pelo gol mais bonito do mundo de 2010.

A DECADÊNCIA BRASILEIRA NA FÓRMULA-1

Há bastante tempo eu não acompanho Fórmula-1 como fazia há 15, 20 anos atrás, na década de 90, época em que os pilotos ainda se sobressaíam sobre os carros, quando havia bem mais competitividade nas pistas, emoção, vibração, quando o fator humano era mais importante. Mas neste ano de 2010 eu pude sentir a decadência dos pilotos brasileiros na categoria mais expressiva do automobilismo mundial. Eu não sei como e nem porquê o meu pai, com quase 70 anos de idade, ainda consegue acordar de madrugada para ver as provas e só sai de casa aos domingos quando as corridas terminam. Como eu fazia nos tempos de Ayrton Senna, Alan Prost, Niki Lauda e Nigel Mansell. E por quê? Simples: como se explica uma diferença tão grande que existe entre o espanhol Fernando Allonso e o brasileiro Felipe Massa? Ambos estão na mesma Ferrari, com os mesmos carros, os mesmos mecânicos, técnicos e engenheiros, nas mesmas pistas, no mesmo torneio, e Allonso fica em 1º ou 2º enquanto Massa fica em 13º ou 14º. Como pode existir uma diferença tão enorme entre ambos? E na Ferrari. Os outros brasileiros fizeram uma temporada pífia: Lucas di Grassi e Bruno Senna, que está bem aquém de seu tio. E por fim, Rubens Barrichello, o único que não mostra decadência, pois se mantém estável na parte de baixo da competição desde que começou. Faz muito tempo que o piloto não decide mais na Fórmula-1, os carros, a máquina está superando cada vez mais o homem nesse "esporte". Parabéns ao jovem e aguerrido alemão Sebastian Vettell, campeão de 2010. A Fórmula-1 no Brasil nunca mais foi a mesma com a ausência do inesquecível Ayrton Senna. E pelo jeito, com essa nova "safra", nunca mais será...

FRASE

"- Eu joguei no Corinthians em 2005 e sei como as coisas funcionam por lá."

(Roger, meia do Cruzeiro, após o polêmico jogo Corinthians 1 x 0 Cruzeiro, pela 35ª rodada do Brasileirão, que gerou protestos dos cruzeirenses).

O TOP 10 SULAMERICANO DA DÉCADA

Um trabalho feito e divulgado pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), colocou 4 clubes brasileiros na lista dos 10 melhores clubes da América do Sul na década, em análise baseada em todos os torneios oficiais da FIFA disputados entre 1º de janeiro de 2001 e 30 de setembro de 2010. São Paulo, Cruzeiro, Santos e Internacional estão entre os 10 melhores do continente nos últimos 10 anos.

1º - Boca Juniors (Argentina)

2º - São Paulo (Brasil)
3º - River Plate (Argentina)
4º - Cruzeiro (Brasil)
5º - Santos (Brasil)
6º - Nacional (Uruguai)
7º - Internacional (Brasil)
8º - San Lorenzo (Argentina)
9º - Estudiantes (Argentina)
10º - Vélez Sarsfield (Argentina)


11º - Grêmio (Brasil)
12º - Flamengo (Brasil)
14º - Corinthians (Brasil)
17º - Fluminense (Brasil)
22º - Palmeiras (Brasil)
28º - Atlético-PR (Brasil)
35º - Vasco (Brasil)
51º - Botafogo (Brasil)

fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2010/11/sao-paulo-e-eleito-o-segundo-melhor-sul-americano-da-decada-pela-iffhs.html

ISSO É QUE É LAMBANÇA!!...



Meu Deus...Esse até o Kleber Pereira e o Washington faziam...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

PATRICIA AMORIM: "NÃO FAÇO GOL, NÃO ESCALO O TIME..."

A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, esteve no CT Ninho do Urubu para cobrar reação do elenco na reta final do Brasileirão, mas tentou se blindar das críticas declarando que "Realmente eu não entro em campo, eu não faço gol, não escalo o time..." Ora, Patricia. É complicada uma declaração dessas no momento delicado que seu clube passa no Brasileirão. Você não está mesmo dentro de campo, não chuta as bolas para fora e nem escala o time. Mas você é a responsável por tudo isso, pois é você que faz o time entrar em campo, é você que contrata e paga os atletas e é você que decide quem vai treinar e escalar o time. E também não adianta dizer que existem times mais ameaçados que o Flamengo e que ninguém fala disso. Você está no comando de um time de massa, o atual campeão brasileiro sabe-se-lá-como conseguiu isso em 2009. Não adianta se blindar das críticas, pois elas virão sempre. Este ano você já contratou o Silas como treinador. Assim fica difícil, né? Ainda teve toda aquela polêmica com o Zico, a participação pífia na Copa Libertadores, a demissão do Andrade... O Flamengo completa 115 anos e precisa de comando.

fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2010/11/nao-entro-em-campo-nao-faco-gol-nao-escalo-time-diz-patricia-amorim.html

CURTAS E DIRETAS

- Zé Eduardo está treinando bater pênalti na mesma escolinha do Neymar..ou então resolveu ser solidário com o colega. Como o Santos perde pênaltis neste Brasileirão, meu Deus... alguém lá dentro precisa ver isso urgentemente.

- O Atlético-GO foi o maior algoz do Palmeiras em 2010. Desclassificou o Palmeiras na Copa do Brasil, depois venceu o Palmeiras por 3 x 0 em pleno Pacaembu (no dia do aniversário de 96 anos do clube paulista), e agora venceu de novo o Palmeiras por 3 x 0 no estádio Serra Dourada. Na soma dos resultados, o placar entre ambos no Brasileirão foi 6 x 0 para os goianos. Será que os palmeirenses têm problemas com a cor rubro-negra? Pois o clube tem bastante dificuldade para vencer Sport, Vitória e agora também o Atlético-GO. Na 35ª rodada do Brasileirão, foi um "passeio" do Atlético-GO nos 3 x 0 sobre os palmeirenses.

- Todo mundo sabia que o Fluminense venceria o rebaixado Goiás no Rio de Janeiro. E se manteria como líder do torneio, continuando a depender somente de si para ser campeão. Mas todo mundo se esqueceu de que o Fluminense ainda é o bom e velho Fluminense, né... e o time apenas empatou, deixando o Corinthians colocar uma mão na taça. É Muricy, pelo menos dessa vez parece que você vai conseguir uma vaguinha na Copa Libertadores...

- Corinthians 1 x 0 Cruzeiro. O jogo mais vergonhoso do Brasileirão. Me lembrou bastante o ano de 2005, quando o goleiro corintiano Fábio Costa fez um pênalti escandaloso no Tinga, do Internacional, que acabou sendo expulso por "simulação". O Coritnhians foi campeão brasileiro de 2005. Coincidência?...

- O Flamengo e seu técnico, Vanderlei Luxemburgo, não conseguem "se salvar". Foi goleado pelo Atlético-MG por 4 x 1, em Minas Gerais, e a zona de rebaixamento está ficando cada vez mais perto e ameaçadora. Se Luxemburgo não conseguir fazer o Flamengo vencer o Guarani, a casa vai cair...

- Vasco e São Paulo fizeram o jogo mais chato do campeonato. E o 1 x 1 refletiu bem o "grande" jogo. No último minuto, um atacante vascaíno perdeu um gol de dentro da pequena área, até ajeitou a bola antes de chutar torto por cima. Aquele até minha avó faria de olhos fechados, meu Deus...

retificando: o jogo mais chato do campeonato não foi Vasco 1 x 1 São Paulo. Foi Vasco 0 x 0 Palmeiras, no 1º turno. O narrador Milton Leite, do Sportv, até disse que aquele jogo foi um verdadeiro "teatro de horrores"... O jogo entre Vasco x São Paulo pelo menos teve 2 golzinhos pra disfarçar, né....