sábado, 3 de agosto de 2013

SANTISTAS SÃO HUMILHADOS PELA TURMA DO LAOR

Clique na imagem para ampliar
O Barcelona continua sendo um dos melhores times de futebol do planeta. Está entre os três melhores e certamente sempre estará entre os cinco. E o Santos? Hoje no máximo um time em formação, com um treinador estagiário, que recebe nem 5% do salário de seu antecessor. Uma equipe repleta de garotos que mal subiram da base, que mal sabem conceder uma entrevista. São bons, atrevidos, voluntariosos, mas estão muito aquém dos Meninos da Vila de 1978, 2002 e, principalmente, do fantástico time de 2010.
Então de quem é a culpa por confrontar esse atual time do Santos, uma mescla de jovens com medalhões, com um time cada vez mais galáctico como o Barcelona, agora com Messi e Neymar juntos? A culpa pela humilhação sofrida pelos santistas, exibida ao vivo em nível internacional, é de uma diretoria que se mostra cada dia mais incompetente, esculhambada, talvez até mal-intencionada, uma vez que me consta existir até dirigente corintiano como integrante. Uma diretoria que apenas espera o surgimento de um novo Neymar para que o time volte a prosperar (e os cofres também). Uma diretoria que praticamente "deu" o melhor jogador da América para os espanhóis. E onde está o tal dinheiro da venda do Neymar? Onde estão os reforços prometidos? Onde está o substituto do ex-técnico Muricy Ramalho?
Esse amistoso não poderia acontecer. Todos os santistas foram humilhados pelo Barcelona que goleou impiedosamente por 8 x 0 em ritmo de brincadeira. E cujo elenco havia voltado das férias apenas 4 dias antes. E poderia ser pior. Era óbvio que os garotos do Santos seriam derrotados e, provavelmente, massacrados dentro do Camp Nou. E os dirigentes não sabiam disso? Será que queriam internacionalizar o time com um jogo diante do Barcelona de Valdéz, Piqué, Sergio Busquets, Xavi, Iniesta, Alexis Sanchéz, Fábregas, Messi e Neymar? Será que nenhum membro da diretoria santista ou desse fracassado Comitê Gestor do clube em sã consciência tem noção de que o Barcelona fatura e gasta mais do que os 4 principais clubes brasileiros juntos, mais de 700 milhões de dólares? Que o Barcelona é a base da atual seleção campeã mundial? E que hoje, além de possuir o melhor jogador do planeta, possui também o melhor da América? Ou se esqueceram desses detalhes? Será que o sr. presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, o LAOR, e ninguém de sua turma sequer imaginou que seria uma covardia acertar dois amistosos diante do Barcelona como parte de pagamento pela venda a preço de banana do Neymar? A história e a imagem do Santos, tão reconhecidas e prestigiadas no mundo inteiro, ficaram arranhadas depois dessa lambança causada por esses  dirigentes fanfarrões. Esses caras deveriam pedir desculpas de joelhos a todos os santistas por tanta incompetência.
Isento todos os garotos de culpa. Neílton, Giva, Gustavo Henrique, Alan Santos e companhia caíram de pára-quedas nessa história. São moleques que jogam com o Barcelona no videogame e que estiveram frente a frente com seus ídolos e dentro do campo deles. Isso pesou demais. Muita pressão para quem começou agora há pouco no futebol profissional. E muita falta de bom senso para quem acredita ser um administrador.
Critiquei bastante o fim do mandato do ex-presidente Marcelo Teixeira e elogiei bastante a chegada do LAOR. Hoje começo a crer que LAOR deu muita sorte ao chegar e encontrar aquele time maravilhoso de 2010. Não houve méritos dele, somente sorte. De resto, o atual mandatário santista colecionou mais fracassos do que êxitos. O mais sensato seria que renunciasse assim que retornar ao Brasil e que o clube tivesse novas eleições em 30 dias. E que os novos dirigentes fossem, pelo menos, mais sensatos e coerentes.
Porque se nada for feito, outra tragédia novamente já está anunciada: o risco iminente de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e um novo massacre no próximo amistoso contra o Barcelona, dessa vez talvez por 12 x 0.

2 comentários:

Nayana A. Peres disse...

De todos os textos já escritos, esse é incrivelmente maravilhoso.
Como fã, minha admiração cresce a cada dia! :)

Um desabafo cheio de amor pelo time. Uma dor ver tal situação. Humilhação desnecessária.
O SANTOS precisa de um novo comando urgente. E falo, fora do campo.

Parabéns pelo blog!

Beijos!

Adriano Oliveira disse...

O que acontece (ou deixa de acontecer) fora de campo reflete diretamente dentro de campo. Se o comando deixa a desejar, evidentemente o time também vai se espelhar nisso. A Turma do Laor já mostrou incapacidade demais de 2 anos para cá. Até porque o clube oferece todas as condições de trabalho e estrutura, além de pagar os salários em dia, coisa rara hoje no futebol brasileiro. É preciso mudança. Urgente. Obrigado, beijos!